Estabilidade para Embarcações Mercantes

Acessos: 1410

ESTABILIDADE PARA EMBARCAÇÕES MERCANTES, 2011. 19,5 MB. Edição Eletrônica. Autor: CLC Sidnei Esteves Pereira. 280 p.

Registro na FBN: 574548, Livro 1097, Folha 119

 

SUMÁRIO

Capítulo 1 – CONCEITOS BÁSICOS
1.1 Definição e classificação da estabilidade
1.2 Dimensões lineares dos navios
1.3 Dimensões volumétricas dos navios
1.4 Pesos
1.5 Coeficientes de forma
1.6 Qualidades e planimetria dos navios
1.7 Fórmulas para cálculo de áreas e volumes dos navios
1.8 Sociedades Classificadoras

Capítulo 2 – PONTOS NOTÁVEIS DA ESTABILIDADE
2.1 Pontos notáveis da estabilidade
2.2 Denominações dadas às distâncias entre os pontos notáveis
2.3 Definição dos pontos notáveis da estabilidade
2.4 Determinação da posição do Centro de Gravidade
2.5 Detalhamento para obtenção do Centro de Gravidade
2.6 Centro de Gravidade
2.7 Experiência de estabilidade

Capítulo 3 – MUDANÇA DE POSIÇÃO DOS PONTOS NOTÁVEIS DA ESTABILIDADE
3.1 Centro de Carena “B”
3.2 Curvas geradas por “B”
3.3 Metacentro “M”
3.4 Lugar geométrico do Metacentro
3.5 Mudança de posição do Centro de Gravidade
3.6 Efeitos da Remoção
3.7 Embarque de Pesos

Capítulo 4 – ESTABILIDADE TRANSVERSAL ESTÁTICA INICIAL
4.1 Estados de equilíbrio dos navios
4.2 Análise dos estados de equilíbrio
4.3 Braços de estabilidade
4.4 Momentos de estabilidade
4.5 Estabilidade de formas e estabilidade de pesos

Capítulo 5 – SUPERFÍCIE LIVRE
5.1 Noção de momento de inércia
5.2 Noção de momento de inércia em relação a um eixo
5.3 Efeito da superfície livre
5.4 Fórmula para o cálculo da elevação virtual do Centro de Gravidade
5.5 Como atenuar o efeito de superfície livre

Capítulo 6 – BANDA PERMANENTE
6.1 Banda permanente devido a descentralização de pesos
6.2 Banda permanente devido a GM = 0
6.3 Banda permanente devido a altura metacêntrica inicial negativa
6.4 Correção da banda permanente
6.5 Processos de correção da banda

Capítulo 7 – CURVAS DE ESTABILIDADE
7.1 Determinação do braço de estabilidade pelo método de Atwood
7.2 Curvas cruzadas de estabilidade
7.3 Construção da curva de braços de estabilidade
7.4 Curvas de momentos de estabilidade
7.5 Correções à curva de braços de estabilidade
7.6 Variação do momento de estabilidade devido a movimentação de pesos

Capítulo 8 – ESTABILIDADE LONGITUDINAL
8.1 Conceitos preliminares
8.2 Centro de Flutuação
8.3 Graus de liberdade de um navio
8.4 TPC- Toneladas por centímetro de imersão
8.5 Variação de calado devido a variação do trim
8.6 MTC– Momento para variar o trim de 1cm
8.7 Efeito da remoção de pesos
8.8 Efeito de embarque ou desembarque de pequenos pesos
8.9 Determinação do calado em embarque ou desembarque de peso considerável
8.10 Embarque de peso com variação do calado apenas em uma das extremidades
8.11 Correções ao calado de um navio
8.12 Correção para o calado devido à deflexão do casco

Capítulo 9 – DRAFT SURVEY ( “ARQUEAÇÃO DA CARGA” )
9.1 Introdução
9.2 Diferença terra-bordo
9.3 Passos no draft survey
9.4 Documentos de bordo necessários
9.5 Aproximação nos cálculos
9.6 Leitura dos calados nas marcas
9.7 Densidade da água
9.8 Pesos a bordo que não a carga
9.9 Constante do navio
9.10 Consumíveis
9.11 Cálculos
9.12 Apêndice A 2ª correção para o trim

Capítulo 10 – LINHAS DE CARGA
10.1 Introdução
10.2 Convenção Internacional para Limites de Carga 1966
10.3 Determinação das bordas-livres mínimas
10.4 Determinação dos deslocamentos correspondentes às Linhas de Carga
10.5 Efeito da densidade sobre o calado
10.6 Demonstração da fórmula da permissão para água doce
10.7 Permissões envolvendo água salobra
10.8 Estudo sobre carregamento máximo

Capítulo 11 – PLANOS OPERACIONAIS
11.1 Planos Operacionais
11.2 Plano de Capacidade
11.3 Plano de Curvas Hidrostáticas
11.4 Plano ou Diagrama de Compasso (Trim)
11.5 Plano de Curvas Cruzadas
11.6 Caderno (Manual) de Estabilidade
11.7 Plano de Arranjo Geral
11.8 Plano de Segurança
11.9 Plano de Aparelhos de Carga
11.10 Plano de Docagem

Capítulo 12 – ESTABILIDADE EM DOCAGEM ENCALHE E AVARIAS
12.1 Docagem
12.2 Encalhe
12.3 Alagamento
12.4 Permeabilidade

Capítulo 13 – ESTABILIDADE DINÂMICA
13.1 Importância da estabilidade dinâmica
13.2 Medida da estabilidade dinâmica
13.3 Fórmula de Moseley
13.4 Área sob a curva de braços de adriçamento
13.5 Determinação da estabilidade dinâmica
13.6 Critérios de Estabilidade

Capítulo 14 – ESFORÇOS
14.1 Resistências estruturais
14.2 Esforços longitudinais
14.3 Esforços transversais
14.4 Cálculo analítico da Força Cortante e do Momento Fletor
14.5 Exemplo de cálculo dos esforços longitudinais

Capítulo 15 – EXERCÍCIOS
15.1 Parte I - Exercícios sobre Estabilidade Transversal
15.2 Parte II - Exercícios sobre Estabilidade Longitudinal
15.3 Respostas dos exercícios parte I e parte II

Download, clique aqui.